top of page
income markets.jpg

ANÁLISES

Fique a par das novidades do mundo da alta finança e mantenha-se atualizado para fazer os melhores investimentos no momento certo.

ARTIGOS DE OPINIÃO

ANÁLISES  DE MERCADO

LANÇAMENTO DE ARTIGOS

NOVIDADES FINANCEIRAS

A Arte de Angariar e a importância de trabalhar apenas com uma Mediadora

Depois de no meu primeiro artigo ter falado no imobiliário como um investimento natural, neste segundo o foco vai para a arte de angariar e como pode ser muito mais eficaz a venda de um imóvel que esteja apenas numa mediadora.

Todos sabemos que cada vez mais é importante estar à altura dos clientes que pretendem colocar o seu imóvel à venda. O consultor da atualidade tem que responder às variadas questões colocadas pelos clientes e mostrar as mais valias e diferenças da sua prestação de serviços, promovidas pela mediadora que representa. Promover formação continua dos consultores é de extrema importância, o que justifica um próximo artigo para este tema.


Angariar é uma arte, seja em que altura do ciclo económico que se esteja a viver, porque actualmente quando falamos em angariar no imobiliário, não pode ser apenas o imóvel, mas acima de tudo, o seu proprietário. O primeiro contacto com o proprietário é muitas vezes o que fica, seja ele telefónico ou presencial, e é normalmente este, que vai comandar todo o processo de uma angariação com sucesso/insucesso.


Independentemente da escassez ou excesso de produto, a arte advém de se mostrar aos clientes, a importância de trabalhar apenas com um mediador. Demonstrar aos proprietários, que é de extrema importância ter verdadeiros profissionais ao seu lado para os ajudar, a colocar o seu imóvel no mercado com qualidade, em segurança e a preço, o que origina, uma venda mais rápida. Salienta-se, que, para tudo é necessário ajuda e é isso que um mediador qualificado e com Know-How oferece na sua prestação de serviços.


O consultor nesta altura tem que saber transmitir e explicar a mais valia de trabalhar apenas com uma mediadora, os serviços que tem disponíveis, que os mesmos são de excelência, e acima de tudo diferenciados. Tem de envolver o proprietário na estratégia de venda pois sabe que ele é a parte mais interessada, para que todo o processo tenha sucesso e se consiga atingir o objectivo principal e final que é a venda. Tem que ficar explicito que um dos grandes motivos para se entregar apenas a um mediador é que a venda vai ser feita com o mínimo risco de perdas monetárias (baixas excessivas de valores) e com um rigor muito maior.


Passo aqui a descrever mais alguns pontos importantes para esclarecer porque se deve trabalhar apenas com um mediador.

Simples, o proprietário do imóvel pode sentir-se mais tranquilo. Em primeiro lugar, porque este apenas terá de falar com um único interlocutor, o mesmo por sua vez irá fazer todos os esforços, com base na oferta de serviços premium que tem disponíveis, para lhe vender o imóvel, em tempo útil, quase sem negociar, sem problemas e com a máxima segurança, ou seja, todos os serviços agregados que uma angariação entregue a apenas uma agência, tem o privilégio de poder oferecer.


É importante salientar que um único interlocutor, valoriza o imóvel. Um imóvel que está a ser promovido em várias agências, torna-se mais vulnerável a baixas de preço, pois, parte-se do princípio que o proprietário tem urgência em vender. Quando existe esse entendimento por parte dos clientes, estes, acham que podem negociar muito o imóvel, fazem ofertas bastante mais abaixo nas várias hipóteses para ver quem será que consegue negociar o valor mais baixo. Ou seja, numa análise rápida e breve desta a situação, o imóvel em questão vai estar, sem ser essa a pretensão, em saldos (o mesmo se passa com os cartazes de venda).


Não será esta a mensagem que o proprietário quer passar. Contrariamente ao que se pensa não é colocar em todas as imobiliárias e ainda o próprio a promover que irá acelerar a venda. O mercado é que manda, nestes casos, está à vista, a interpretação por parte dos clientes compradores pode levar a negociações muitas vezes excessivamente abaixo do que é expectável.

Na continuação do seu trabalho de excelência o consultor tem que estar atento ao mercado e às suas oscilações para informar os seus clientes de como está a reagir o mesmo ao imóvel e ao seu valor, para que se tomem medidas ou se mantenha como está.


Como mencionei anteriormente, o consultor tem que estar à altura dos seus clientes, ou seja, este tem de se manter constantemente em aprendizagem e atualização, para transmitir informação fidedigna e cuidada. Entre profissional e cliente, o profissional tem que ter a perspicácia e sabedoria de perceber se vai conseguir ajudar devidamente o cliente, para isso é importante que se faça munir dos skills necessários, como por exemplo: conseguir criar rapport e empatia, saber fazer, ter uma comunicação firme e agradável, interessante e cuidada, conseguir passar a informação dos benefícios que o cliente tem em trabalhar só com ele e com a empresa que representa. Em suma, saber SER.


Os consultores comerciais de algumas mediadoras, têm formação adequada para conseguirem rapidamente dar respostas às necessidades que possam surgir. Beneficiam de um plano inicial e continuo de formação.

Torna-se importante para quem procura ajuda na venda do seu imóvel, que tenha noção com quem está trabalhar. Que perceba a diferença entre trabalhar com quem lhes oferece mais benefícios, segurança e a grande mais valia que essa oferta pode trazer na venda de um imóvel. A diferença de serviços advém de poder estar abraçado a marcas que lutam diariamente para poder oferecer a diferença, e que esta oferta valoriza os imóveis dos proprietários.

Dentro destas marcas estudos estatísticos informam que um imóvel entregue apenas a um mediador tem a probabilidade de ser vendido com uma rapidez muito superior a um entregue a todas as mediadoras, segundo estudos um imóvel entregue em exclusivo, com um preço ajustado ao mercado, vende-se no prazo máximo de 3 meses.


Pessoalmente, posso dizer que tenho o privilégio de representar uma marca, que marca a diferença. Esta oferece uma grande variedade de serviços distintos, opera em rede em Portugal, conta com mais de 200 agências a nível nacional e ilhas, oferece um serviço diferenciador e único para quem procura segurança, a oferta de uma garantia (seguro) de 12 ou 24 meses, aos imóveis usados. Esta, valoriza por si só qualquer imóvel usado, no mercado. Mais valia para quem vende e mais valia para quem compra. Nesta marca que represento, 85% dos exclusivos são vendidos em tempo útil, ou seja, em menos de 3 meses. Nos dias que correm se um imóvel estiver com o preço de mercado certo, é vendido em menos tempo.


Em resumo, ter um mediador único como parceiro é perceber que está a valorizar o seu imóvel, que pode usufruir das variadas ferramentas que o mesmo tem para que seja vendido, mais rapidamente, com a máxima segurança e sem problemas.

O trabalho das mediadoras que operam com serviços de excelência, e com os seus profissionais qualificados e devidamente formados, abrange todos os momentos do negócio, desde a colocação no mercado até ao momento final e mais desejado do negócio, a Escritura.


Joana Filipa Gomes da Silva Ramos Franco

Agente Imobiliária

370 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Commentaires


bottom of page